quinta-feira, 16 de setembro de 2010

II Encontro de Arquivos Escolares e Educação Patrimonial

II Encontro de Arquivos Escolares e Educação Patrimonial

12 e 13 de novembro de 2010
Auditório do Centro de Tecnologia da UFPB

Conceito do evento
Os documentos dos arquivos escolares servem como prova de direitos ou como meio de prova, possuem um valor informativo para a administração pública e um valor histórico-cultural, além de constituírem memórias individual e coletiva da educação (MEDEIROS, 2003). A Educação Patrimonial, por sua vez, consiste em provocar situações de aprendizado sobre o processo cultural, a partir de um trabalho educacional centrado no Patrimônio Cultural como fonte primária de conhecimento individual e coletivo, capacitando o sujeito para um melhor usufruto desses bens (HORTA; GRUMBERG; MONTEIRO, 1999).
Esta breve conceituação demonstra que é indiscutível a importância dos arquivos escolares e da educação patrimonial em uma sociedade. No entanto, vale ressaltar que poucos são os encontros e as propostas de ação que privilegiem estes campos.
Nesse sentido, a participação da sociedade na conservação e preservação dos arquivos escolares e a inserção da educação patrimonial como processo de valorização da herança cultural na sociedade são os pilares do II Encontro Arquivos Escolares & Educação Patrimonial. Essa discussão vem contribuir para a atuação da UEPB e UFPB na área de Arquivologia na Região Nordeste.
Referências
HORTA, M. L. P.; GRUNBERG, E.; MONTEIRO, A. Q. Guia Básico de Educação Patrimonial. Brasília: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Museu Imperial, 1999.
MEDEIROS, R. H. A. Arquivos escolares - breve introdução a seu conhecimento. São Paulo, HISTEDBR (1986-2006), 2003. Disponível em: . Acesso em: 04 set. 2010.

Objetivo
Discutir as realidades dos arquivos escolares e da educação patrimonial na Região Nordeste.
Meta
Desenvolver ações integradas para o desenvolvimento dos arquivos escolares e difusão cultural nas regiões envolvidas.
Público-alvo
Profissionais que trabalham em arquivos escolares, públicos e privados, centros de documentação, centros de memória, bibliotecas, cientistas da informação, estudantes e interessados em geral.



Saiba mais em: 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pelo seu comentário. Por favor, assina seu comentário com nome e e-mail.

Postar um comentário